O Top 10 Vilões de Games Mais Leite com Pera do Guiness

Acho que depois da Bíblia, o Guiness é o livro que gera mais polêmicas e controvérsias. A última foi a lista dos 10 maiores vilões da história dos vídeo games. Não vou falar nada, apenas observem como ficou a colocação:

top vilões

É ou não é pra sentar e chorar?
Segundo o Guiness, a lista foi eleita através de votação pública por gamers do mundo todo. Sendo assim não sei o que me desespera mais: o Guiness ter feito um trabalho meia boca desses ou ver que essa geração leite com pêra está perdida mesmo.

Ninguém aqui está pagando de nerd velho e chato, daqueles que acham que só as coisas do seu tempo que eram boas. Não é isso, galera. Mas façam o favor, né?! Um monte de sites já está refazendo a lista com seus próprios Tops 10, mas aqui não vamos ter esse trabalho e preferimos só meter o pau em algumas escolhas e fazer outros comentários (im)pertinentes.

tumblr_m57i3cDTpN1qflc3ro1_500

Minha reação quando vi essa lista…

 

Primeiro temos de levar em conta a periodicidade de games avaliados nessa lista. A maioria dos vilões faz parte da geração PS3/360 e podemos afirmar sem muito equívoco que a maioria dos votos veio de uma galerinha bem nova.
Segundo, qual o critério para ser um bom vilão? O cara tem de ser inteligente e bolar planos bem malignos? Tem de ter um poder ou uma arma devastadora? Ou precisa antes de tudo ter estilo? Porque sendo assim, como o Glado (Portal) conseguiu ficar na frente do Ganondorf (Zelda) e do Sephiroth (FRFVII)???
E o que falar desse Gary Oak (Pokemon)? MEU DEUS, QUEM É GARY OAK???
Mas admito que gostei da piada do Inky (Pac Man) estar lá, foi uma homenagem respeitosa! Hehehe

Eu fico pensando onde está aquela galerinha do mal que já aprontou tanto e fez a gente xingar e sangrar os dedos no joystick. Nenhum representante dos jogos de luta como o Bison (Street Fighter) ou o Shao Khan (Mortal Kombat). Ou de franquias consagradas como o Wesker (Resident Evil) e o Dr. Willy (Mega Man).

Sejamos realistas, as coisas mudam. Com o passar do tempo novos jogos vão surgindo no mercado, novas franquias vão se estabelecendo e é normal que apareçam novos personagens de destaque. Por exemplo, na minha época o Robotinik (Sonic) era um vilão bem popular, hoje poucos se lembram. Essa mudança é normal e ninguém contesta isso. Apenas fico pensando quais seriam mesmo os critérios de desafio para que essa garotada defina um novo hall de malvadões. Tivemos uma geração considerada por muitos como sendo de “jogos fáceis”.
Sei lá, talvez sejam vilões leite com pera para uma geração leite com pera.
Tô certo?

Outros Posts interessantes:


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *