Especial Resident Evil: 20 Anos de Sustos e Vírus Geneticamente Modificados

No cinema, no teatro e nos livros existem histórias de vários gêneros para alcançar todo o tipo de público. E o mesmo não podia ser diferente no universo dos games. Entre os vários gêneros existentes, um dos mais populares são os chamados Survival Horror, que são games de ação/aventura em que os temas são o terror e a sobrevivência.

Muitos títulos do gênero foram lançados, mas poucos tiveram o mesmo alcance que a série Resident Evil da CAPCOM, que completa hoje 20 anos desde o seu lançamento. Para você que já se aventurou na pele de Chris Redfield, Jill Valentine e muitos outros personagens marcantes venha relembrar essa série tão querida por seus fãs! E se você ainda não conhece, agora é sua grande chance!

Antes, um pouco de história…

00

A trama de Resident Evil começa em torno de uma série de casos de homicídio envolvendo canibalismo que aconteceram em Arklay Mountain, localizada a norte de Raccoon City no ano de 1998.

Um time de elite responsável por missões de alta periculosidade chamado S.T.A.R.S (Special Tactics And Rescue Squad) recebe ordem para investigar os assassinatos em Arklay Mountain. Eles enviam uma equipe chamada Equipe Bravo para o local. Porém eles perdem contato com a base e desaparecem misteriosamente.

Após 24 horas sem contato com a Equipe Bravo, a Equipe Alpha dos S.T.A.R.S é enviada para verificar o paradeiro dos seus companheiros e descobrir o motivo do desaparecimento. Chegando ao local eles avistam o helicóptero da Equipe Bravo e pousam próximo ao local. Durante a investigação eles são atacados por um grupo de dobermans que matam um de seus integrantes. Durante a fuga, a Equipe Alpha se dispersa e um pequeno grupo vai parar numa mansão aparentemente abandonada.

Dentro da mansão os integrantes se vêem presos e percebem estranhos acontecimentos como mortos que voltam a vida, armadilhas e uma série de experimentos e atividades criminosas. Então eles começam a busca pelo paradeiro de seus companheiros e também pelo motivo de todos esses acontecimentos.

Neste momento o jogador assume o controle do personagem e segue sua jornada pela sobrevivência.

 

Zumbis, parasitas e cronologia

A série Resident Evil sempre foi conhecida por muitos players pelo seu foco em zumbis. No game a presença dos mesmos é dada pela existência de um vírus chamado T-Virus. Durante os primeiros games até Resident Evil 3 os zumbis estão presentes, porém a partir de Resident Evil 4 os conhecidos mortos vivos não estão lá e deram lugar para humanos contaminados e controlados por parasitas. Isso causou um pouco de confusão nos players que não jogaram os games na ordem cronológica ou só conheciam Resident Evil como “o jogo de zumbis“.

A partir de Resident Evil 4 a série não muda somente o foco dos “inimigos”, mas também o gênero Survival Horror dá mais espaço para ação. Mesmo com mudanças, o game Resident Evil 4 é um dos mais populares da franquia, quase sempre associado a dificuldade de proteger Ashley com sua incrível habilidade de entrar no meio do fogo cruzado e ficar parada!

Existem também títulos que seguem a cronologia principal e alguns com uma série paralela a história principal como as séries Outbreak e Chronicles, que explicam pequenos buracos no enredo e pontos de vistas de outros personagens.

Se você nunca jogou algum game da série e quer acompanhar a história desde o início ou és um fã saudosista que quer jogar novamente e acompanhar a trama na ordem, listamos os games da história principal de Resident Evil em sua ordem cronológica:

Resident Evil Zero
RE Umbrella Chronicles: Train Derailment
Resident Evil
RE Umbrella Chronicles: Mansion Incident
Resident Evil 3 (Primeira metade do game)
Resident Evil 2
RE Darkside Chronicles: Memories of a Lost City
Resident Evil 3 (Segunda metade do game)
RE Umbrella Chronicles: Raccoon’s Destruction
Resident Evil Code: Veronica
RE Darkside Chronicles: Game of Oblivion
RE Darkside Chronicles: Operation Javier
RE Umbrella Chronicles: Umbrella’s End
Resident Evil 4
Resident Evil Revelations
Resident Evil 5
Resident Evil Revelations 2
Resident Evil 6

re

Mudanças e influências na franquia

O Lançamento de Resident Evil 4 foi um marco na história dos games. Não, isso não é um exagero. RE4 trouxe mudanças na franquia e no estilo de gameplay de muitos jogos daquela geração até hoje. A começar pela “movimentação em tanque” dos games passados agora temos uma jogabilidade 3D muito mais livre. O novo sistema de mira e cobertura tornou a ação do jogo bem mais focada. A câmera fixa simulando um filme de terror deu lugar a perspectiva “over shoulder“, ou seja, como se a câmera estivesse por cima do ombro do personagem.

Essas alterações foram aplicadas em diversos jogos a partir de então. Basicamente todos os shooters em 3ª pessoa da geração XBox 360/PS3 foram feitos nessa linha. Basta observar exemplos de sucesso como Gears of War, Dead Space e Mass Effect. Obviamente que já existiam alguns poucos jogos desse tipo antes de RE4, mas com certeza o refinamento veio a partir daí.

Foi nessa época que a franquia passou a ser muito mais ação e menos survival horror, o que acabou incomodando muitos fãs. Os puzzles de exploração foram substituídos por sistemas mais simples que mantinha a mecânica do jogo atrelada a história. Ninguém mais podia se perguntar “por que alguém espalharia essas jóias pela cidade se eu preciso delas pra abrir essa porta?”.

As mudanças no enredo também foram alvo de reclamações. O micro cenário de Racoon City deu lugar a infestações virais e de parasitas controladores de mente a nível mundial. Claramente a Capcom quis dar um ar mais global ao universo de Resident Evil. Não é a toa que muitos fãs pulem diretamente do Code Veronica para o Resident Evil 5, onde é fechado todo o arco da Umbrella com uma ultima luta épica entre Chris e Wesker.

2421925-re4pc

Existe algum futuro para a franquia?

O sexto titulo numerado da serie não fez o sucesso esperado. Apesar de apresentar muitos protagonistas e cenários com estilos bem diferentes de gameplay Resident Evil 6 também veio cheio de bugs e divide a opinião de muitos jogadores. Tanto é que a Capcom resolveu apostar em algo que remetesse mais ao estilo clássico na série Revelations. Mas e agora, o que temos de novo da franquia?

O que sabemos é que já foi anunciado um remake de Resident Evil 2, uns dos títulos mais vendidos da geração Playstation. A ideia é apostar no mesmo sucesso feito pelo remake do primeiro jogo, que é aquele que agora vale para a cronologia oficial. Mas isso significa então que acabou a criatividade?

Não necessariamente. O que a Capcom precisa fazer primeiro é reconquistar os fãs antigos para a partir dai renovar e aumentar a fanbase de Resident Evil. É bom lembrar que o próximo filme da franquia também será o ultimo desse universo cinematográfico. Boatos indicam que a ideia é criar uma nova linha no cinema mais focada no cenário dos jogos. Sendo bem otimista pode ser que a Capcom queira alinhar as duas mídias a partir de agora. O que não seria de todo ruim. Então teremos realmente que esperar e dar alguma chance para o que vier a partir de agora.

resident-evil-2-remake-oficial

Enfim, para aqueles menos pessimistas as novidades são boas. É preciso entender que cada jogo tem a sua geração e o seu publico. Renovação é importante, mas sempre mantendo aquelas características que fazem de cada obra aquilo que elas são. Como fãs é claro que devemos cobrar e esperar sempre o melhor da franquia, sela lá em qual mídia ela se apresente. Mas devemos ter a consciência e a mente aberta para ao menos experimentar coisas novas, sem vícios de opiniões formadas. E que venham mais aniversários dessa franquia incrível que com certeza mora no coração de muitos gamers.

Outros Posts interessantes:


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *