Conferimos o demo fechado de DETROIT: Become Human na #BGS10

Durante a #BGS10 tivemos a oportunidade de participar em uma apresentação fechada no auditório da Sony sobre o jogo DETROIT: Become Human, exclusivo do Playstation 4 que está sendo produzido pelo estúdio Quantic Dream. A apresentação contava com um representante do estúdio que explicou diversos pontos do jogo e respondeu perguntas do público no final.

Quem conhece o trabalho do estúdio de David Cage, sabe que seus jogos são adventures com uma forte pegada cinematográfica como Heavy Rain e Beyond: Two Souls – ambos lançados originalmente para o Playstation 3 e relançados em conjunto para o Playstation 4. DETROIT não escapa da premissa e promete uma história cheia de decisões e consequências.

O demo apresentado era o mesmo que a Quantic Dream já havia demonstrado na E3 2017, porém com uma série de escolhas diferentes – inclusive com intervenção do público presente. Na demo, o representante do estúdio jogou com o terceiro personagem apresentado – Markus, que é interpretado pelo ator Jesse Williams – famoso por Grey’s Anatomy.

David Cage adora utilizar atores reais em seus jogos, dessa vez Jesse Williams foi um dos escalados

DETROIT é um jogo que se passa em um futuro não tão distante onde o avanço tecnológico permitiu que a construção em larga escala de andróides que são utilizados para serviços do cotidiano como limpeza, construção, recepcionistas e muito outros trabalhos. De algum forma porém, os andróides começaram a se tornar “conscientes” e perceber que estão tratados como escravos pelos humanos.

O personagem desta terceira demo – Markus, é líder da revolução que visa tornar todos os andróides conscientes e dar-lhes o direito de decidir os seus caminhos. Na demo acompanhamos Markus e sua amiga North  enquanto tentam invadir uma loja de andróides para “despertá-los” e se juntarem a revolução.


Os gráficos da Engine da Quantic Dream impressionam, dando um aspecto cinematográfico ao jogo

O representante do estúdio mostrou que o jogo tem um refinado esquema de escolhas, muito mais avançado que os jogos anteriores da Quantic Dream. Na primeira tentativa a dupla está para ser interceptada pela polícia e decide fugir, abandonando os andróides para trás. Porém o representante deixou claro que aquilo não era um “Game Over”, você poderia seguir em frente na história assim mesmo se quisesse.

Já na segunda tentativa, Markus consegue libertar e despertar os outros andróides – uma habilidade especial do personagem que quando os toca com sua mão, os torna conscientes de suas próprias ações. A partir deste momentos todos os outros andróides de loja passam a seguir Markus e você deve decidir como quer passar a imagem da sua revolução: De forma pacífica ou violenta.

O público presente no auditório decidiu seguir um caminho nada amigável para deixar sua mensagem

A cada ação de Markus era possível decidir qual forma escolher, num sistema de “Bom” e “Mau” que lembrava bastante a série Infamous. Os presentes no auditório votaram por ações cada vez mais violentas, que começaram como quebrar os bancos da praça mas que em pouco tempo já estava em atitudes muito mais devastadoras como tacar fogo em lojas, destruir toda a rua e etc. Markus e os andróides deixaram um rastro de destruição e depois houve um confronto com a polícia, onde os policiais foram rendidos e o trailer termina sem você saber se Markus matou o policial ou não.

Após a demo, o representante contou mais alguns detalhes sobre o jogo. Ele revelou que as histórias dos 3 personagens podem se encontrar e se entrelaçar ou não, dependendo das suas escolhas enquanto joga. Além disso ele disse que é possível morrer com alguns dos personagens e mesmo assim a história irá continuar com os outros, logo as suas escolhas trazem consequências.

DETROIT: Become Human será lançado em algum momento de 2018, exclusivamente para o Playstation 4. No Playstation 4 Pro o jogo terá algumas melhorias como a resolução 4K e um melhor controle de multidões quando houverem muitos personagens na tela.

 

Outros Posts interessantes:


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *