BATMAN, seu alternativo! 5 versões do morcego que você talvez não conheça!

Navegando recentemente pelas internê vocês com certeza devem ter se deparado com isso. “The Deal”, uma HQ fanfic do Batman assinada por Gerardo Preciado e Daniel Bayliss. Uma das coisas mais foderásticas que eu já vi do morcego.

The Deal – HQ fanfiq melhor que muita história oficial por aí!

E se pelo amor da tia do Bátema você ainda não viu, Clique Aqui 
Isso faz a gente lembrar que existem algumas versões bem alternativas dos heróis que as vezes são mais legais que o tradicional. Vamos relembrar 5 versões alternativas do Batman que talvez você não conheça!

 

Atenção! Esse texto contém spoilers! Mas também, são histórias de mais de 10 anos, poxa!

 

 

The Red Son

Ok, não é uma história do Batman. Red Son (“Entre a Foice e o Martelo” no Brasil) é uma Graphic Novel que mostra o que aconteceria se o Superman tivesse caído na Rússia. A história é bem bacana, mostrando o Super lidando com os problemas do mundo usando de um regime autoritário.
O Batman nesse universo é um dos rebeldes que se alia a Lex Luthor numa tentativa de deter o Comunista de Aço (tá, eu que inventei esse nome!). É tudo bem louco, chegando ao ponto do Batman desfigurar a Mulher Maravilha em um ataque terrorista e depois se suicidar ao fracassar na missão. Leiam que vale a pena!

Na Rússia o Batman é... VOCÊ!

Na Rússia o Batman é… VOCÊ!

Batman Thomas Wayne

E se ao invés do casal Wayne quem tivesse morrido naquele beco imundo fosse o pequeno Bruce? Pois é isso que acontece em Flashpoint (“Ponto de Ignição” no Brasil). Nas HQs foi uma mega saga que resultou no reboot dos Novos 52 da DC Comics. Recentemente foi lançada uma animação que faz uma boa compilação dessa saga.
Thomas Wayne, pai de Bruce Wayne, torna-se o Batman de um mundo paralelo. Um vigilante muito mais soturno e violento do que Bruce jamais seria (ao ponto de usar armas de fogo!). E o mais sinistro nisso tudo é que o mesmo incidente que transforma Thomas no Batman deixa sua esposa, Martha Wayne, bem perturbada. Isso mesmo, a mamãe Wayne é o CORINGA desse universo! Pasmem.

Eu, o Coringa

Falando no Coringa, essa é outra história alternativa bem bizarra. No futuro, um descendente de Bruce Wayne torna-se uma espécie de profeta de uma religião que cultua o Batman. E todo o ano os membros dessa seita promovem um ritual, onde pessoas geneticamente alteradas são colocadas como antigos vilões do morcego e tem de lutar com ele até a morte.
Até que ninguém menos que o Coringa resolve salvar o dia. Ele começa a ter lapsos de consciência e resolve atacar o Batman e sua seita de maníacos, e de quebra resgatar sua mulher que foi raptada por eles! Durmam com essa.

Se o Coringa é o herói, imaginem os vilões!

Se o Coringa é o herói, imaginem os vilões!

Batman, A Guerra da Secessão

Os americanos adoram fazer obras inspiradas nesse período da sua história, e geralmente acabam em bons filmes ou livros. Com exceção de “Abraham Lincoln – Caçador de Vampiros que pelo amor de deus, né… Nessa história, o Coronel Wayne é convocado pelo Presidente Lincoln a entrar na luta contra os escravagistas do Norte e unificar os EUA.

O morcego mais rápido do oeste!

O morcego mais rápido do oeste!

Eu acho bacana o plot twist dessa versão porque sabemos que o Batman foi criado numa inspiração de heróis mascarados clássicos, como o Zorro. E aqui ele meio que é um cavaleiro mascarado, com direito a chicote, revolver e chapéu. Só que o mais legal de tudo é o Robin, que é um índio muito doido e responde pelo nome de PÁSSARO VERMELHO! Hahaha…

Pássaro Vermelho, o Robin índio... HAHAHAHA

Pássaro Vermelho, o Robin índio… HAHAHAHA

Batman, Cidadão Wayne

Orson Welles ficou famoso por um dos grandes clássicos do cinema americano, Cidadão Kane. E é nessa obra que Batman, Cidadão Wayne é baseada. Aqui Bruce Wayne é um magnata da mídia que massacra o Batman com suas duras críticas. O vigilante tem um estilo mais ostensivo de combate ao crime e um visual bem assustador.
Pois é, nessa versão o Batman não é Bruce Wayne. E sim Harvey Dent, o Duas-Caras do universo tradicional! Chocados? Pois fiquem ainda mais, já que no final da história há uma luta entre os dois e ambos acabam morrendo!

Harvey Dent como Batman. Acreditem se quiser.

Harvey Dent como Batman. Acreditem se quiser.

Existem muitas outras versões alternativas do morcegão por aí, com o tempo quem sabe não falamos delas por aqui? Ah, vocês devem ter sentido falta do Cavaleiro das Trevas, né?! Mas essa nem precisa estar na lista. É tão clássica e já influenciou tanto na construção atual do personagem que é praticamente canônico! É ou não é?

Outros Posts interessantes:


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *