10 Personagens Brasileiros Obscuros dos Games

A SNK acaba de divulgar a formação de todos os times de seu novo The King of Fighters XIV, você pode conferir os detalhes CLICANDO AQUI. Umas das novidades é um time todo voltado para a América do Sul, com a participação de personagens brasileiros. Podemos imaginar que essa foi uma homenagem da empresa ao público brasileiro, já que tanto a franquia KOF como a de outros jogos da SNK tiveram muita força noa arcades por aqui.

Isso faz a gente pensar que existem bastante personagens brazucas HUE HUE BR por aí nos jogos, principalmente nos de luta. E nem estou falando dos mais populares como o Blanka em Street Fighter ou o Eddie Gordo em Tekken. Existem até alguns bem obscuros que talvez você nunca tenha visto. Por isso resolvemos fazer essa lista de curiosidades e ver onde estão alguns dos personagens brasileiros mais desconhecidos dos games!

CLIQUE AQUI e veja 7 cenários brasileiros nos games

CLIQUE AQUI e debata com a gente se os personagens brasileiros nos jogos são mesmo avacalhados

Frank Goldfinger (Shadow Hearts)

A clássica história do avião que cai na Amazônia e o único sobrevivente acaba ficando por lá e aprendendo algum estilo de luta bizarro. Não, não estou falando do Blanka, mas de Frank Goldfinger do jogo Shadow Hearts. Mesmo não sendo natural da nossa terra, Frank é o representante tupiniquim no game e é uma espécie de ninja que foi treinado nas úmidas florestas tropicais. Sim, isso mesmo. E não me perguntem qual a coerência disso. Pior que sua origem é o jeitão afetado e de “tiozão” do personagem, mas pensando bem isso acaba trazendo uma parte cômica interessante.

Liza (Kaiser Knuckle)

lançado no meado dos anos 90, Kaiser Knucles foi mais um daqueles jogos de luta 2D que vieram na onda de Street Fighter II. E no seu elenco nós tínhamos a brasileira Liza, cuja ambição era ganhar o prêmio em dinheiro do torneio de lutas para assim poder comprar uma bela fantasia para o Carnaval do Rio de Janeiro. Mano do céu, que avacalhação! HAHAHA… Mas se bem que podia ser pior, vai que ela era uma dessas micareteiras que só queria a grana para garantir o abadá no trio elétrico?

Golrio (Fight Fever)

Agora um personagem legitimamente brasileiro! O índio Golrio, do jogo Fight Fever lançado também nos anos 90. O nosso guerreiro indigena podia soltar bolas de fogo pela boca e aplicar golpes giratórios com os pés. Da para perceber que a Viccom, desenvolvedora do jogo, claramente não fez uma pesquisa aprofundada sobre a cultura indigena brasileira. Pois senão Golrio usaria chinelos havaina e um short da Adidas! HAHAHA

Carlos Miyamoto (Final Fight 2)

Quebrando tudo nas ruas pelo mundo afora nós tínhamos Carlos Miyamoto, o nippo-brasileiro de Final Fight 2. Carlos também era um ninja (gente, qual a obsessão de ninjas no Brasil?) que foi ajudar Haggar e Maki a acabar com a força e a influencia da gangue Mad Gear em outros países. Eu lembro que era até bonzinho de jogar com ele, mas o carisma dele perto da gatinha da Maki e do bombado do Haggar era muito baixo mesmo.

Claudia Silva (Knuckle Heads)

Jogo de luta da Namco lançado em 1992, Knuckles Head trazia a brasileira Claudia da Silva. Nascida em São Paulo, Claudinha atacava seus inimigos com uma garra e, adivinhem só, também era ADEPTA DAS ARTES NINJAS!!! O mais triste é que no final da Claudia ela vai para a floresta amazônica e nunca mais é vista. Aposto que foi devorada por aquela cobra gigante que fica pendurada numa árvore no cenário do Blanka.

Rikuo (Darkstalkers)

Rei e herói de um milenar povo aquático nas profundezas amazônicas está Rikuo, da série Darkstalkers. Rápido e com golpes fortes era um personagem bem fácil de jogar se me lembro bem. Eu só queria entender essa obsessão da CAPCOM em achar que nossos lutadores precisam ser monstros verdes da Amazônia. Mas também, do que eu estou reclamando? Poderia ser bem pior. Ele também poderia ser… NINJA!!!

Marco Rodriguez (Fatal Fury Mark of The Wolves)

Esse sim era um personagem de respeito! Discípulo e representante do estilo Kyoukugen de Karatê, Marco Rodriguez era um dos melhores personagens de Fatal Fury Mark of The Wolves. Mas também pudera, treinou no mesmo local que os Sakasagi, Ryo, Yuri e o grande mestre Takuma. Aí fica fácil descer a porrada sem desarrumar o penteado.

Rila Estansia (Breakers)

Essa aí é de meter medo, hein?! A ruivona Rila Estancia é uma espécie de guerreira espiritual da floresta que entra no torneio de lutas de Breakers atrás do espirito maligno que assombra os povos da amazônia. Meio druida, meio xamã, ela tinha uma baita cara de mal e sentava a lenha sem dó.

Pupa Salgueiro (Rage of the Dragons)

Com esse nome que lembra uma árvore (e também uma escola de samba carioca), Pupa Salgueiro é uma jovem capoeirista em Rage of The Dragon. Personagem bonitinha e simpática, nasceu no Brasil mas foi estudar numa escola americana. Entro no torneio de lutas porque estava preocupada com o sumiço do seu irmão. Eu gosto muito da caracterização da Pupa, bem despojada e fora dos esteriótipos,

Fen Barefoot e Tau (Battle Arena Toshinden)

E fechando nossa lista temos dois personagens da séries de jogos Battle Arena Toshinden. A Primeira é Fen Barefoot, uma pequena indiazinha com estilo de luta bem rápido usando sua lança curta. Em contra partida temos Tau, um forte guerreiro tribal que luta usando uma grande espada larga. Mesmo sendo de edições diferentes , ambos os personagens seguiram o esteriótipo de guerreiro selvagem. O que é uma pena, visto que a franquia Toshinden possuía uma grande variedade de personagens.

 

Menção Honrosa: Alejjo (Superstar Soccer)

Em uma época de jogos de futebol mais simples nós conhecemos o grande craque da nossa infância. Maior que Ronaldinho, maior que Neymar, essa lenda do Super Nintendo… ALEJJO!!! Você pode não ter visto o Pelé jogar, mas se é das antigas com certeza já vibrou muito com esse cara!

Deixe nos comentários outros exemplos de personagens brasileiros não tão conhecidos assim nos games.

E fale pra gente se já conhecia todos esses!

Outros Posts interessantes:


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *